busca


home | patologias | atendimento | contato

Câncer de Boca

Queilite Actínica

O QUE É

A queilite actínica é uma alteraçäo dos lábios causada pela exposiçäo crônica aos raios solares ultravioleta (UV), em especial aos raios UVB, que têm menor comprimento de onda e, portanto, maior potencial de penetração se comparados aos raios UVA.
É comum em indivíduos idosos de pele clara e que mantêm hábitos ocupacionais ou de lazer ao ar livre, expondo-se à radiaçäo actínica. A menor freqüência entre os negros ocorre pelo efeito protetor da melanina e acredita-se que, entre as mulheres, seja pelo uso do batom, que atuaria como fator de proteção.
 
COMO APARECE CLINICAMENTE
 
Nos casos agudos, o lábio fica inchado e a vítima sente queimação e formação de bolhas, mas a cicatrização é espontânea. Já no tipo crônico, a queilite permanece na pele e piora conforme a exposição ao sol, podendo levar ao câncer.
Em geral, o problema começa com uma pequena descamação, que ocorre por causa da ação cumulativa do sol. No próximo grau, aparecem feridas que não se cicatrizam.
Somente o protetor solar labial é que pode prevenir o aparecimento da queilite actínica. O ideal é usar a cada duas horas um de fator 30 para garantir que os raios solares não desenvolvam nenhuma doença.
 
COMO TRATAMOS

O principal objetivo do tratamento é a prevenção do desenvolvimento de carcinoma espinocelular, apesar de se obter também razoável involução do quadro estético e incômodo provocado pelas erosões, crostas e aspereza do lábio.
O grau, o tempo de evolução e o tipo de queilite é que determinam o tratamento a ser adotado, desde o uso de pomadas até cirurgias

Veja também:

Home | DST | Câncer de Boca | Auto exame | Exames Complementares | Radioterapia | Quimioterapia | Patologias | Prof. Dr. Sérgio Kignel | A Clínica | Mídia | Contato

 
Desenvolvimento: Interpágina